Política / Justiça

Porco espinho aparece no prédio da Justiça Federal em Campo Grande

Um porco espinho apareceu no prédio da Justiça Federal na rua Delegado Carlos Roberto Bastos de Oliveira no Parque dos Poderes em Campo Grande, desde às 3h desta sexta-feira (31). O segurança do órgão foi quem viu o animal nas dependências do local. O porco espinho surgiu depois de quatro casos de cães feridos pela […]

Arquivo Publicado em 31/08/2012, às 12h00

None
925838644.jpg

Um porco espinho apareceu no prédio da Justiça Federal na rua Delegado Carlos Roberto Bastos de Oliveira no Parque dos Poderes em Campo Grande, desde às 3h desta sexta-feira (31). O segurança do órgão foi quem viu o animal nas dependências do local. O porco espinho surgiu depois de quatro casos de cães feridos pela espécie em Mato Grosso do Sul.

O animal está em cima do muro, onde tem uma cerca elétrica que teve de ser desligada. Vários curiosos estão no local. O porco espinho que tem aproximadamente 1 metro de comprimento, aparenta estar estressado.

Servidores do local, informam que depois da derrubada, de parte da mata em uma área próxima, o surgimento de animais como macaco por exemplo, nas redondezas tem ocorrido com mais frequência.

A Polícia Militar Ambiental (PMA), disse que irá ao local até às 10h. O Tenente-Coronel Carlos Sebastião Matoso Braga, informou que o animal sai à noite em busca de comida, e durante o percurso naquela região de 73 hectares, pode parar em locais como instalações no Parque dos Poderes, onde amanhecem.

Dali, segundo a PMA, o animal será levado para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), onde passa por uma quarentena. “É diagnosticado se o animal tem alguma doença, e depois ele é liberado em um lugar seguro”, diz Matoso.

Jornal Midiamax