Política / Justiça

Justiça mantém preso suspeito de homicídio na área central de Campo Grande

Os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decidiram manter preso D.F.O., suspeito de ser o autor de um homicídio ocorrido em abril deste ano, na área central de Campo Grande. O paciente do habeas corpus nº 0601978-36.2012.8.12.0000, sob a relatoria do Des. Dorival Moreira dos Santos, requereu a […]

Arquivo Publicado em 10/10/2012, às 12h23

None

Os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decidiram manter preso D.F.O., suspeito de ser o autor de um homicídio ocorrido em abril deste ano, na área central de Campo Grande.


O paciente do habeas corpus nº 0601978-36.2012.8.12.0000, sob a relatoria do Des. Dorival Moreira dos Santos, requereu a liberdade provisória argumentando que não estavam presentes requisitos que justificassem a manutenção de sua prisão preventiva.


A custódia foi decretada pelo magistrado da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campo Grande, que considerou a gravidade concreta do delito (a vítima foi derrubada e ferida com vários golpes de faca) e a conduta furtiva do réu. Ele destacou que D.F.O. somente se apresentou quando já estava com a prisão decretada e havia notícias de que a família da vítima estava a sua procura.


Os julgadores consideraram que os fundamentos utilizados para a decretação da prisão persistiam e juiz informou que a instrução do processo está avançada, com a continuação do depoimento de testemunhas e o interrogatório do réu, marcado para o próximo dia 18.

Jornal Midiamax