Senadora por Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke (Pode) recebeu uma ameaça por e-mail. Assim, acionou a polícia do Senado, que mantém o caso sob investigação.

Ao Jornal Midiamax, a assessoria da parlamentar confirmou que a ameaça em questão foi recebida em 15 de dezembro. Contudo, Soraya recebe mensagens ameaçadoras com ‘certa frequência’.

As ameaças são feitas por e-mail ou até mesmo redes sociais. Na situação relatada, Soraya foi ameaçada com violência física. “Vou quebrar apenas quatro costelas suas”, dizia a mensagem. O caso segue em investigação.