Na última sessão da semana, nesta quinta-feira (25), os deputados estaduais devem apreciar e votar, durante a sessão plenária da Alems ( Legislativa de Mato Grosso do Sul), três projetos de lei, conforme a previsão da Ordem do Dia.

Será votada a redação final do Projeto de Lei 242/, do deputado Lucas de Lima (PDT), que dispõe sobre o prazo de validade de laudo médico-pericial que atesta TEA (Transtorno do Espectro Autista) e demais deficiências irreversíveis, para os fins que especifica, no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

Segundo o projeto, tais laudos terão validade por tempo indeterminado, tanto para a rede de serviços públicos quanto para a rede privada, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Em discussão única, os deputados votarão o Projeto de Lei 71/2024, do Poder Judiciário, que denomina a sala do Tribunal do Júri do Fórum da Comarca de . A proposta homenageia o desembargador José Benedicto de Figueiredo, que atuou como promotor de justiça naquela localidade.

Por fim, em segunda discussão, será votado o Projeto de Lei 84/2024, da Mesa Diretora (2023-2024), que trata sobre o reajuste remuneratório dos servidores do Poder Legislativo e altera a redação de dispositivos da Lei n° 6.064, de 1° de junho de 2023, para atualizar os valores do auxílio-alimentação e do auxílio-transporte.

Como acompanhar a sessão

As sessões são realizadas no Plenário Deputado Júlio Maia, a partir das 9h, e pode ser acompanhada ao vivo nos canais oficiais de comunicação da Casa de Leis: , Instagram, Twitter e YouTube, TV e Rádio ALEMS e Portal da ALEMS. A TV e a Rádio ALEMS estão com sinal aberto, respectivamente, no canal 7.2 e na FM 105.5.

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.