O inaugurou o primeiro polo base do Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena) em na quarta-feira (31). O polo base deve atender 2,5 mil indígenas da região de Mato Grosso do Sul.

O secretário nacional de Saúde Indígena do , Ricardo Weibe Tapeba, participou da inauguração. Coordenador da bancada federal de MS, deputado federal (PT) comentou sobre a entrega.

“O que está acontecendo hoje aqui é fruto da luta dos nossos irmãos indígenas, mas também é fruto da grande que tivemos com a eleição do presidente Lula”, disse. O deputado afirmou que a intenção “é recuperar o tempo perdido e construir politicas públicas que atendam nossos parentes indígenas, além dos quilombolas e agricultores familiares”.

Caciques e lideranças também participaram da inauguração. Dois Irmãos do Buriti possui sete aldeias, todas da etnia Terena. São elas: Aldeia Água Azul, Aldeia Barreirinho, Aldeia Buriti, Aldeia Nova Buriti, Aldeia Olho D’Água, Aldeia Oliveira e Aldeia Recanto.

Os cerca de 2,3 mil indígenas representam quase 23% da população do município. O prefeito Wlademir de Souza Volk também participou. Assim como o coordenador do Dsei-MS, Lindomar Terena, e o superintendente do Ministério da Saúde em MS, Ronaldo de Souza Costa.

O que é o Polo Base?

O Polo Base é uma estrutura física de apoio técnico e administrativo à equipe do Dsei no município. Assim, o espaço é usado para armazenamento de medicamentos e material de deslocamento para outras áreas indígenas.

Além disso, há comunicação via rádio, investigação epidemiológica, elaboração de relatórios de campo e sistema de informação, coleta, análise e sistematização de dados, planejamento das ações das equipes multidisciplinares na área de abrangência e a organização do processo de vacinação.