O ex-presidente (PL) deve passar por uma bateria de exames em na próxima quarta-feira, dia 28. Segundo Fábio Wajngarten, ex-secretário do governo federal e um dos advogados que representa o ex-chefe do Executivo na Justiça, o procedimento previsto é um check-up médico de rotina. Bolsonaro está hospedado do Palácio dos Bandeirantes, residência oficial do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Desde o episódio da facada que sofreu em Juiz de Fora (MG), durante um evento de campanha nas eleições de 2018, o quadro da saúde gastrointestinal do ex-presidente requer cuidados especiais.

Além dos exames de rotina, Bolsonaro já passou por episódios com complicações mais agudas. No réveillon de 2021 para 2022, Bolsonaro estava de em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, e o então presidente precisou de atendimento médico após sentir dores abdominais. Ele passou dois dias internado na capital. O diagnóstico, naquela ocasião, foi de “obstrução intestinal” causada por um “camarão não mastigado”.

Os exames de rotina da semana que vem devem ocorrer no Vila Nova Star, o mesmo hospital que recebeu o então chefe do Executivo no incidente com camarão.