Os vereadores de Campo Grande votam seis projetos durante a sessão desta quinta-feira (7), na Câmara da Capital. O erro nas provas que foram aplicadas pela banca organizadora Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura) em 26 de novembro (UEMS) e em 3 de dezembro (UFMS) também será debatido na Casa de Leis.

Em segunda discussão e votação serão votados três Projetos em Plenário. Um deles institui o Dia Municipal de Luta pela Educação Inclusiva no âmbito do município de Campo Grande.

Conforme a assessoria de imprensa da Casa de Leis, também será votado o que dispõe sobre a obrigatoriedade imposta às autoridades que receberem comunicações ou denúncias de fatos que constituam violência doméstica e familiar contra crianças e adolescentes de resguardar sigilo sobre a identidade do noticiante ou comunicante.

Ainda em segunda discussão, o PL que institui o dia 7 de setembro como data municipal de conscientização da Distrofia Muscular de Duchenne, no âmbito do município de Campo Grande/MS.

Já em primeira discussão e votação os parlamentares votam outros três Projetos, um deles institui o Dia Municipal do Deficiente Visual na Capital.

Ainda em primeira discussão, os parlamentares votam o PL que dispõe sobre a obrigatoriedade de intérprete e tradutor indígena nos atendimentos prestados por órgãos públicos no âmbito do município.

E, por fim, os vereadores votam o Projeto de Lei que institui o Programa Manobra que Salva no município de Campo Grande e dá outras providências.

Palavra Livre

A sessão contará ainda com a participação da responsável técnica Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV-MS), Dra. Karin Kuibida, que fará uso da Tribuna para falar sobre a importância do Projeto de Lei n. 11.148/23, que cria a regulamentação da hemoterapia animal. Também usará a Tribuna o professor Edílson Soares da Silveira, para falar sobre os problemas ocorridos na aplicação das provas pela Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura).

Acompanhe

A sessão ordinária começa às 9h20, no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, nº 1.600, bairro Jatiuka Park, com transmissão ao vivo pelo e Youtube da Casa de Leis, e também pela (Rede E), no canal 4.2.

Saiba Mais