Na sexta-feira (29), a superintendente da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), Rose Modesto (União), anunciou o repasse de R$ 3 milhões para a Saúde em Campo Grande.

Rose usou as redes sociais para anunciar o repasse, que é referente às emendas parlamentares enquanto deputada federal, mandato cumprido entre os anos de 2019 e 2023. O valor deve abranger três unidades hospitalares.

Segundo Rose, o repasse será dividido entre a Santa Casa, a Maternidade Cândido Mariano, Hospital do Pênfigo e São Julião. “A saúde é prioridade e sempre fiz questão de me preocupar e destinar recursos para Mato Grosso do Sul, para a área da Saúde”, ressaltou.

Ainda conforme a superintendente, já foi repassado o valor cheio para a Prefeitura de Campo Grande, sendo que R$ 1 milhão já foi entregue para a Maternidade Cândido Mariano. É aguardado ainda o repasse pelo Município de R$ 1,5 milhão para a Santa Casa.

Outros R$ 500 mil serão destinados para cirurgias no Pênfigo e R$ 350 mil para o São Julião.

Investimentos em MS

No início de dezembro, a superintendente da Sudeco anunciou investimentos de R$ 2,41 bilhões em Mato Grosso do Sul para áreas rurais, através do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste).

“Uma novidade também para esse ano é que nós conseguimos garantir R$ 1 bilhão para o microcrédito orientado. O nosso objetivo é fortalecer o pequeno empresário, pequeno agricultor, esse R$ 1 bilhão ele não tem porcentagem definida por estado, é como se fosse os projetos que vão entrando, quem for chegando primeiro vai levando o investimento do microcrédito orientado”, explicou.

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste terá, ao todo, R$ 11,15 bilhões para financiar ações e projetos voltados ao desenvolvimento sustentável. O montante será destinado à Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.