O de Chapadão do Sul, João Carlos Krug (PSDB), denunciou à Polícia Civil de Mato Grosso do Sul que foi alvo de acusação em um grupo do . A advogada do político representou contra um empresário da cidade.

Um áudio enviado em um grupo, em que é possível identificar a voz do empresário, acusa Krug de atrapalhá-lo de vencer concessões públicas, sem especificar se se tratava de contrato da prefeitura, do Governo do Estado ou do governo federal.

Assim, o empresário alega que o prefeito estaria usando o cargo para dificultar seu trabalho, mas não há detalhes ou provas disso. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia da cidade como calúnia.