As reuniões com os prefeitos seguem na Governadoria de Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira (7), o governador (PSDB) disse que priorizará R$ 3,6 milhões de obras em andamento.

Neste dia, 21 prefeitos se reuniram com o governador, para tratar de demandas municipais e obras no Estado. Contudo, Riedel destacou que obras já iniciadas são prioridade para a gestão.

“Primeiro momento é dar sequência aquilo que tinha sido programado, e tem muita coisa acontecendo em cada município do Estado”, afirmou. Assim, disse que são “R$ 3,6 bilhões de obras contratadas e em andamento. Em um segundo momento vamos sentar com os prefeitos para ouvir as próximas prioridades”, explicou.

Assim, disse que o Governo seguirá com plano municipalista e atenderá demandas em diversas áreas. Presente na reunião, o chefe da Casa Civil, , disse que com esta reunião o governador já ouviu os 79 prefeitos.

“Todos tiveram voz e vez para falar e apresentar as suas demandas. O governador explicou como vai ser o rumo da sua gestão e que vai trabalhar junto com os municípios”, contou.

Além disso, participaram da reunião o vice-governador Barbosinha, os secretários Eduardo Rocha (Casa Civil), Pedro Caravina (Segov) e (Escritório em ). Além disso, deputados federais e estaduais participaram do encontro.

Por fim, participaram os prefeitos de: Água Clara, Angélica, Antônio João, Bataguassu. Bonito, Brasilândia, Campo Grande, Coronel Sapucaia, Dois Irmãos do Buriti. Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, , , Laguna Carapã, Miranda. Nova Andradina, Paranhos, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo e Tacuru.

Saiba Mais