O Governador de Mato Grosso do Sul vai manter na atual gestão comissionados que fizeram parte da equipe do também tucano Reinaldo Azambuja. Alguns seguem no mesmo cargo e outros ocupam diferentes funções. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (2).

O ex-secretário de saúde, Flávio da Costa Brito Neto, agora deve ocupar a função de secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Casa Civil. Lauri Luiz Kener que era secretário da Secretaria de Estado de Fazenda continua na mesma pasta, mas como secretário-adjunto.

Secretários-adjuntos da gestão de Reinaldo Azambuja seguem ocupando as mesmas funções, nas mesmas secretarias. Édio Antonio Resende continua como adjunto da Secretaria de Estado de Educação. Ary Carlos Barbosa segue na Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e Crhistinne Cavalheiro Maymone continua na SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Mirna Estela Arce Torres que já foi diretora-presidente da (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) agora assume o cargo de secretária adjunta da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística). Viviane da Silva será adjunta da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania.

Como secretário adjunto da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, foi nomeado Ademar Silva Junior. Ele já foi presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).