Novo presidente do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), destacou durante a posse do mandato nesta sexta-feira (17) querer humanizar o órgão para aproximá-lo da administração pública, de forma a auxiliar as gestões.

“O princípio adotado pela presidência será a orientação. Emprestar a nossa experiência para que a administração pública seja a melhor possível”, disse.

Jerson e o Corpo Diretor tomam posse para o biênio de 2023/2024. Os dirigentes foram eleitos em 24 de fevereiro. O conselheiro Flávio Esgaib Kayatt toma posse como vice-presidente; e conselheiro Osmar Domingues Jeronymo como corregedor-geral.

Assim, vale lembrar que Jerson Domingos foi empossado como conselheiro do TCE-MS em 28 de janeiro de 2015. Além disso, assumiu a vice-presidência para o biênio 2021-2022. Contudo, após afastamento de conselheiros do Tribunal, Jerson assumiu provisoriamente a presidência.

O presidente do TCE-MS, Jerson Domingos (Nathalia Alcântara)

Vice, Flávio Kayatt explicou que a sociedade pode esperar um Tribunal de Contas mais ativo. “Estamos com várias ideias proveitosas para a sociedade, avançando a cada dia mais”.

Cerimônia

A cerimônia de posse é acompanhada pelo governador (PSDB), presidente da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Gerson Claro (PP), o presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Sérgio Martins, procurador-geral de Justiça, Alexandre Magno, e a prefeita de , Adriane Lopes (Patriota).

Além deles, diversos secretários de Estado, deputados estaduais, membros da bancada federal e o ex-governador (MDB).