Um inquérito civil foi aberto para apurar eventuais irregularidades no desmatamento de 18,7 hectares em Glória de Dourados, a 271 quilômetros de . A abertura das investigações foi divulgada no DOMPMS (Diário Oficial do Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Segundo o , a área desmatada faz parte de vegetação nativa do bioma Mata Atlântica. A publicação é assinada pelo promotor Gilberto Carlos Altheman Júnior, da Promotoria de Justiça da Comarca de Glória de Dourados.

Os investigados serão notificados a apresentar a documentação sobre a supressão. Além de informar se possuem interesse em firmar o (Termo de Ajustamento de Conduta).

Por fim, os proprietários da fazenda deverão encaminhar uma cópia da matrícula da propriedade rural.

Saiba Mais