O vereador Nelsinho Dib solicitou nessa semana intervenção de autoridades estaduais para a construção de uma nova ponte na fronteira do Brasil com a Bolívia, em Arroyo Concepción, como forma de melhorar o fluxo de veículos entre os dois países, que é de mais de 3,6 mil por dia.

Após apresentar um projeto de uma nova ponte, mais ampla, o vereador pediu por meio de indicação apoio do governador Eduardo Riedel e dos senadores e deputados federais de Mato Grosso do Sul para viabilizar o empreendimento.

No documento apresentado, Nelson solicitou realização de estudos e análises técnicas e financeiras cabíveis, assim como encaminhamentos e tratativas necessários, visando a obtenção de recursos para execução da obra.

De acordo com a assessoria do vereador, conforme informações da Receita Federal de Corumbá, são cerca de três mil veículos de passeio atravessando a fronteira diariamente, além de 600 caminhões responsáveis pelo transporte de mercadorias.

O grande fluxo fez com o Auditor Fiscal e Delegado da Alfândega da Receita Federal em Corumbá, Erivelto Moyses Torrico Alencar, apontasse a necessidade de melhorar o tráfego de veículos na fronteira entre os dois países e isso, conforme ele, passa pela construção de uma nova ponte, mais ampla.

O assunto foi tratado no primeiro semestre entre Erivelto e o presidente da Câmara, vereador Ubiratan Canhete de Campos Filho (Bira), que também reconheceu essa necessidade, citando inclusive o projeto do vereador Nelsinho Dib.

O vereador ressalta que a nova ponte é uma necessidade urgente para desafogar o fluxo enorme de veículos na fronteira e melhorar importante via que liga o Brasil e a Bolívia aos Portos do Chile, no Oceano Pacífico.

Além de melhorar as condições de tráfego, Nelson cita que uma nova ponte, com estrutura adequada, pista dupla, vai ajudar a desafogar o grande fluxo diário de veículos, não só de automóveis de pequeno porte, mas também de carretas, responsáveis pela exportação e importação de produtos.