O PL deve lançar candidato para a Prefeitura de nas Eleições de 2024. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (20) pelo presidente do PL em Mato Grosso do Sul, deputado federal Marcos Pollon, ao lado do ex-presidente da República, .

“O PL junto com o presidente , terá candidato em Campo Grande e nós estamos construindo isso aí em conjunto e fortalecimento da direita”, disse Pollon. Ao lado do presidente estadual do PL em MS, Bolsonaro confirmou que haverá candidato do PL na disputa pelo Executivo da Capital.

“Só tem uma cidade que vai ter segundo turno, que poderá ter aqui em Campo Grande, a ideia é termos um candidato nosso para reforçar a bancada de vereadores”, afirmou.

Além disso, Bolsonaro comentou que o partido analisa candidatos para o interior do Estado. “Os demais [municípios] seria bom nós lançarmos candidato competitivo, caso seja possível, a gente vai compor, um vice, para a gente poder crescer no Estado e levar o PL para todas as regiões”, explicou.

Bolsonaro destacou que o PL “é o único partido no momento que demonstra realmente ser oposição ao que está aí”, se referindo ao presidente Luiz Inácio da Silva (PT).

Nomes da direita

Quatro nomes estão entre as possibilidades da direita concorrer à Prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2024. É o que afirma o presidente estadual do PL, deputado federal Marcos Pollon.

Em junho deste ano, o parlamentar disse ao Jornal Midiamax que quatro nomes são cotados para a Prefeitura. “Tem eu, o Contar, o Catan, o Rafael Tavares, são esses nomes”, afirmou.

Contudo, dois dos nomes são de outro partido: o PRTB. O ex-deputado Capitão Contar (PRTB) recebeu convite de Pollon para se filiar novamente ao PL.

Segundo vídeo de Bolsonaro na semana

Ainda nesta semana, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) surgiu em vídeo publicado por Capitão Contar (PRTB) na quarta-feira (18) comentando sobre as perspectivas das Eleições 2024 em Campo Grande e de apoio ao ex-deputado estadual e à atual prefeita da Capital, Adriane Lopes (PP).

As imagens transmitidas em evento em Mato Grosso do Sul mostram Bolsonaro dizendo que, em Campo Grande, o Partido Liberal deve ter um candidato próprio, mas que em segundo turno apoiará candidato em eventual disputa com nome da esquerda.

Diante da aproximação com Adriane Lopes, Bolsonaro demonstrou apoio à progressista. “Eu sei que tem a prefeita, que goza de um bom prestígio com a Tereza Cristina, e com outras pessoas”.

Bolsonaro também citou o ex-candidato ao governo do Estado Capitão Contar. “Tenho conversado com o Contar, acredito que vocês tenham um futuro em MS. Tenho falado com meu partido, que a nossa ideia é de que onde haverá segundo turno, naquelas cidades com mais de 200 mil eleitores, e em MS, só tem em Campo Grande, nós iremos tem um candidato a prefeito lá”, disse em trecho.