Os vereadores de Campo Grande devem votar depois do feriado o novo projeto de lei do poder Executivo que pode endurecer medidas para que proprietários limpem terrenos baldios na Capital.

O PL foi encaminhado pela Prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (PP), para a Câmara Municipal nesta segunda-feira (30). O texto altera dispositivos do Código de Polícia Administrativa – Lei Municipal n. 2909, de 28 de julho de 1992.

O Presidente da Casa de Leis, Carlos Augusto Borges, o Carlão, do PSB, disse ao Midiamax na manhã desta terça-feira (31), que o PL não será votado em regime de urgência na sessão de hoje. O próximo encontro dos vereadores aconteceria na quinta-feira (2), mas por ser feriado, a proposta deve ser analisada e votada na próxima semana.

“Observando a atual situação enfrentada no Município de Campo Grande frente à proliferação do Aedes Aegypti transmissor da Dengue, como também a proliferação de demais vetores de doenças que se aproveitam de terrenos baldios sem a devida manutenção, identificou-se a necessidade de intensificar as medidas para que os proprietários realizem a devida limpeza de seus terrenos”, justifica a Prefeita.

Assim, a proposta deve alterar o § 2° do art. 18-A da Lei Municipal n. 2909, incluindo na do dono do terreno que não cumprir com suas obrigações, não só o pagamento da multa, como o ressarcimento dos serviços executados pela Prefeitura Municipal de Campo Grande.

O texto também autoriza a (Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Públicos), a realizar cadastramento de empresas aptas a realizar esses serviços, de modo a combater focos de disseminação de doenças, além do risco a Segurança Pública. O projeto de lei segue para análise dos vereadores.

Saiba Mais