A Câmara Municipal de realiza na segunda-feira (6) a audiência pública “O não pode parar”. O evento começa às 9h, no Plenário Oliva Enciso.

Será debatida a situação econômica e financeira da unidade de referência para o tratamento oncológico em . A audiência foi convocada pela Comissão Permanente de Saúde, composta pelos vereadores Victor Rocha (PP) – presidente, André Luís Soares (Rede) – vice-presidente, Jamal Salem (MDB), Loester Nunes (MDB) e Marcos Tabosa (PDT).

Com 422 funcionários e 75 médicos, o Hospital de Câncer Alfredo Abrão atende 70% dos pacientes com câncer de Mato Grosso do Sul e alega déficit de cerca de R$ 800 mil por mês, esperando que o Poder Público aumente o repasse.

Em 22 de fevereiro, médicos da unidade entraram em greve por atraso no pagamento dos salários. O governador (PSDB) chegou a declarar que os critérios de governança do hospital precisam ser reavaliados.