A nomeação de Mara Bethânia Gurgel como secretária da Cultura e Turismo de Campo Grande não agradou o setor campo-grandense. O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) e associações da Cultura indicaram um novo nome para assumir a Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande).

“Entidades que representam o segmento do turismo não concordam com a indicação de Mara Bethânia para Secretaria Municipal, visto que o segmento exige alguém com experiência e vivência das particularidades do setor”, diz a nota. Assim, destacam que a atividade impacta mais de 52 segmentos de negócios na região.

Além disso, afirmam que “é o setor que mais gera empregos”. Mara é formada na área de agronegócios e era secretária-adjunta da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio) antes de assumir a Sectur.

Então, tentam agenda com a prefeita Adriane Lopes (Patriota). Seguiram sem resposta na manhã desta quinta-feira (19).

Juntos, indicaram um novo nome para a Secretaria por meio de ofício encaminhado para a prefeita. Contudo, também não tiveram resposta até o final desta manhã.

Assinam o ofício o Comtur, a Associação Convention & Visitor Bureau de Campo Grande e IGR Caminho dos Ipês – CG Destination; Abih (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira do Mato Grosso do Sul); Abav-MS (Associação Brasileira de Agências de Viagens) e a Afecetur (Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande).

O Jornal Midiamax entrou em contato com a secretária nomeada, porém não houve retorno até a publicação desta matéria. Assim, o espaço segue aberto para manifestação.