O secretário da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Jaime Verruck, que usou mais de meio milhão de reais dos cofres públicos para patrocinar expedição com cinco servidores na Rota Bioceânica, chegou nesta sexta-feira (1º) a Dubai, onde deverá passar todo o final de semana, até a próxima segunda-feira (4).

Jaime Verruck foi à COP-28, a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que acontece do dia 30 de novembro até o dia 12 de dezembro. O secretário está inscrito em painéis que justificariam a sua estadia nos Emirados Árabes Unidos até a próxima segunda-feira (4), sob justificativa de conseguir fundos de financiamento internacional para a preservação do Pantanal.

Compõem a comitiva o diretor-presidente do Imasul, André Borges, o secretário executivo de Meio Ambiente, Artur Falcette, o coordenador de Regulação, Normas e Negociações Socioambientais, Pedro Mendes Neto, e a assessora internacional do Escritório de Relações Institucionais e Políticas do no Distrito Federal, Thaís Bittar.

Chile antes de fim de semana em Dubai

caravana da Semadesc ao Chile virou fiasco nesta semana ao ter deslocado caminhão com 12 toneladas de que estrearia a rota sem nenhuma documentação. O veículo teve de voltar para Campo Grande.

“Para nós, ficou evidente a falta de preparo da equipe, pois eles não se prepararam para a viagem. Estamos desde sexta-feira dando todas as orientações necessárias, mas não temos o que fazer, já que o caminhão nem entrou no recinto”, declarou representante da ao Jornal Midiamax.

Além do secretário Jaime Verruck, quatro servidores estaduais lotados na Semadesc foram deslocados para a viagem ao Chile. São os assessores Lúcio Lageman, Silvia Gonda, Mairinco de Pauda e Vagner Mota, que vão receber diárias individuais pelos 10 dias de viagem.

Considerando os valores atuais de conversão do Banco Central, cada diária internacional será de R$ 880. Somando R$ 8,8 mil por servidor, são cerca de R$ 35,2 mil só pela presença dos funcionários na expedição.

Dos quatro servidores que estão em viagem ao Chile, dois foram designados para acompanhar e fiscalizar a execução do Contrato n. 023/2023, no valor de R$ 550 mil entre a Semadesc e o Setlog para aquisição de cota de patrocínio da Rila.

Saiba Mais