A Câmara Municipal de Campo Grande e a Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e de Mato Grosso do Sul) assinaram nesta terça-feira (7) um termo de cooperação para transmitir as sessões da Casa na TVE. O mesmo deve acontecer em 52 cidades até o fim deste ano.

Por ser um convênio, não haverá custo. A transmissão começou na manhã de hoje, com a solenidade de assinatura e a sessão ordinária.

Além dos moradores da Capital, cidadãos de 22 municípios poderão acompanhar a Câmara de Campo Grande pelos canais 4.2 (TV multiplataforma) e programas gravados no canal 4.1 (TVE).

Representando o governador (PSDB), que cumpre agenda interna, o vice-governador (PP) ressaltou o momento histórico.

“O Legislativo de Campo Grande participa de um momento histórico. Isso é extremamente importante para que as pessoas possam entender o trabalho do vereador. O vereador é o para-choque da administração. É o que mais está próximo do problema das pessoas e o que faz a ponte entre os problemas da sociedade e o Executivo”, declarou.

Presidente da Câmara, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), também enalteceu a novidade.

“É um verdadeiro sonho realizado. Estamos deixando um legado importante para o Poder Legislativo Municipal com a TV Câmara em sinal aberto para toda população. Uma forma de democratizar o trabalho do vereador e de chegar ainda mais perto de todos os campo-grandenses. Todos nós, Mesa Diretora e demais vereadores, estamos felizes com este feito e sabemos que será um grande marco para a história da comunicação da Câmara Municipal da Capital”, disse.

Antes desse convênio, as sessões e audiências eram transmitidas ao vivo apenas pelo Facebook e YouTube, o que exigia uma plataforma com internet para assistir.

Saiba Mais