Governador eleito, Eduardo Riedel (PSDB) anunciou, durante coletiva nesta terça-feira (27), mais quatro pessoas que vão atuar como secretários, a partir de janeiro de 2023.

Hélio Queiroz Daher vai comandar a SED (Secretaria de Estado de Educação). Ele é especialista em Gestão Escolar, mestre em Educação, atual superintendente de Políticas Educacionais da pasta e presidente do Conselho Estadual de Educação.

Para comandar a Secretaria de Turismo, Esporte e Cidadania, Marcelo Miranda – que, no governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), dirigiu a Fundesporte (Fundação de Esporte de Mato Grosso do Sul). À frente do escritório de Planejamento, permanecerá Eliane Detoni – ela ocupa a pasta atualmente.

Já para a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a atual secretária Elisa Cleia Pinheiro Rodrigues seguirá de forma interina.

Segundo o futuro chefe do Executivo estadual, Elisa ficará na pasta apenas até fevereiro do próximo ano. Ele não quis adiantar o nome do futuro titular, mas afirmou que não será cargo político e sim técnico.

Este é o terceiro anúncio de secretários por parte de Eduardo Riedel. Em entrevista ao Jornal Midiamax, ele afirmou que divulgaria a conta-gotas. Os adjuntos dos titulares serão informados a partir do mês que vem.

“Creio que Mato Grosso do Sul vai avançar na defesa de direitos humanos. Estamos aqui para somar. E em nome de toda pasta. É uma equipe que faz acontecer. Queremos dar a MS o destaque nacional que merece”, disse Elisa.

Eliane atua há 30 anos na área pública. “Temos um desafio enorme pela frente que precisamos estudar. Estamos bastante estruturados e vamos consolidar nossos programas no Estado”, afirma.

Nomes já anunciados

Eduardo Rocha será secretário da Casa Civil. Flávio Cesar Mendes de Oliveira, que já atuou como secretário adjunto da Segov-MS, será titular da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda).

Ana Carolina Nardes será mantida na SAD (Secretaria de Estado de Administração), Ana Carolina Ali Garcia na PGE (Procuradoria-Geral do Estado) e Hélio Peluffo deixa a prefeitura de Ponta Porã para compor a Infraestrutura e Habitação.

Pedro Caravina vai para Segov (Secretaria de Governo), Antônio Carlos Videira permanecendo na Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), Maurício Simões Corrêa para a SES (Secretaria de Estado de Saúde), Jaime Verruck ainda no comando da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) e novamente Carlos Eduardo Girão (Controladoria-Geral do Estado).