Prefeita de Sidrolândia diz que redução no salário dos professores é para 'cumprir LRF'

Prefeita disse que redução deve ser realizada para que município cumpra LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal)
| 20/06/2022
- 11:35
prefeita
Vanda Camilo durante solenidade em Campo Grande (Foto: Nathalia Alcântara/Jornal Midiamax)

Durante evento para entrega de e equipamentos agrícolas para municípios de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, a prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), reafirmou ao Midiamax que vai diminuir os salários dos professores comissionados que ingressaram na Rede Municipal de Ensino por meio de processo seletivo.

O projeto de lei de autoria do próprio Executivo prevê a redução do vencimento base do professor temporário em 24%, refletindo, na prática, em diminuição de aproximadamente R$ 700 a professores contratados em regime de 20 horas semanais, que somam 232 professores. O projeto já foi aprovado pelos vereadores e deve ser sancionado pela prefeita.

"Eles ganhavam R$ 1.700, eu subi para R$ 2.300, e vi que não dá pra tocar. É a lei de Responsabilidade Fiscal, então vai ter que diminuir", disse Vanda.

Vaiada em show

Por conta da decisão, a prefeita foi vaiada durante o show do grupo de pagode Raça Negra na última quarta-feira (15). As vaias aconteceram no momento em que a chefe do executivo pegou o microfone para tentar cantar.

previsão de processo seletivo a professores no segundo semestre também motivou a zombaria na noite de festejo. "Isso acontece, é normal em qualquer município quando tem corte".

Para a contratação do grupo Raça Negra, a Prefeitura de Sidrolândia vai empenhar um total de R$ 278,5 mil, conforme consta no Portal da Transferência. O valor foi pago por meio do processo administrativo n°3796/2022 e “Termo de Colaboração nº 06/2022”, para esta finalidade.

Veja também

Últimas notícias