A prefeita da Capital, Adriane Lopes (Patriota), exonerou a secretária municipal da Juventude, Laura , e o secretário-executivo de Compras Governamentais, Ralphe Nogueira. Os decretos de pessoal foram publicados na edição desta terça-feira (8) do (Diário Oficial de ).

O cargo da subsecretária do Bem-Estar Animal, Ana Cristina Camargo de Castro, foi declarado vago por motivo de afastamento.

Também foi dispensada o adjunto da pasta da Juventude, Nikythelms Guesso, assim como o subsecretário-adjunto do Bem-Estar Animal, Bruno Nóbrega. 

Para comandar a secretaria da Juventude, Adriane nomeou Wilton Celeste Candelório. A secretária-adjunta será Michele dos Santos Ferreira. 

Já Isaac de Araújo é o novo titular da Secretaria-Executiva de Compras Governamentais. Ana Luiza Lourenço de Oliveira Lima foi nomeada subsecretária do Bem-Estar Animal.

As exonerações de Laura e de Ralphe Nogueira constam como a pedido. A prefeita ainda nomeou Inês Mongenot Santana como secretária-adjunta de Assistência Social.

Prefeita de Campo Grande
Wilton Leinha assume Sejuv e Isaac de Araújo vai para a Secomp. (Fotos: Izaias Medeiros/CMCG e Reprodução/Facebook)

Quem são?

Laura Miranda foi assessora do ex-prefeito Trad (PSD) quando ele era deputado estadual. Estava no cargo desde o início da gestão, em 2017, quando a Sejuv ainda era subsecretaria. Niky Guesso foi candidato a vereador pelo PSD em 2020.

Ana Cristina Camargo de Castro estava na Subea desde janeiro de 2020, quando a pasta foi criada. Ralphe Nogueira também ocupava a Secomp desde o início da gestão de Marquinhos.

Wilton Candelório, o Leinha, foi candidato a deputado estadual em 2018 pelo então PRB, e a vereador em 2020 pelo Republicanos, e até era assessor-chefe de Adriane. Michele dos Santos Ferreira era superintendente de administração e finanças da Sejuv.

Inês Mongenot Santana era supervisora executiva da SAS. Isaac de Araújo era até então superintendente de gestão financeira da SAS.

A ex-secretária municipal de Assistência Social, Fontanari, foi nomeada para desempenhar a função de atividades de assistência e assessoramento superior no gabinete da prefeita.

Troca no secretariado

No início do mês, Adriane anunciou aos seus correligionários que trocará quase todo o secretariado. A conversa nos corredores da era uma só: a de que apenas o secretário de Cultura, Max Freitas, ficaria no cargo.

No entanto, a prefeita espera o momento adequado para fazer o anúncio. Segundo fontes ouvidas pelo Jornal Midiamax, Lopes acredita ser ainda muito cedo para fazer a mudança. Isso porque o ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) tinha acabado de ser derrotado nas urnas.

“Mal acabou o primeiro turno das eleições. O Marquinhos amargou o 6º lugar, o que teria tirado o prestígio dele em manter ou não alguém no cargo”, disse um dos correligionários sobre a conversa da prefeita com o grupo.

A ideia foi transmitida ao grupo na quarta-feira (5), durante reunião. “Só deve mesmo ficar o secretário de Cultura. Os outros todos serão trocados. E a justificativa é a de que é a administração dela, né? É preciso tocar uma nova gestão”, disse.

Já foram exonerados o secretário de Governo Antônio Lacerda, o adjunto, Robison Gatti e o de Gestão, Agenor Mattiello, que foi substituído pela servidora de carreira Maria das Graças de Macedo. Luciano Martins e o adjunto, João Marcelo Pereira, deixaram a Funsat (Fundação Social do Trabalho).

Adriane levou a então adjunta da SAS, Thelma Fernandes Mendes Nogueira Lopes, para sua chefia de gabinete. Alex Gonçalves deixou a função que ocupava desde o primeiro mandato de Marquinhos.