Política

Vereadores de Campo Grande renovam apelo pela inclusão de jornalistas na fila da vacinação contra covid

Parlamentares e sindicato remeteram ofício aos secretários estadual e municipal de Saúde

Jones Mário Publicado em 25/06/2021, às 12h58

Vereadores e jornalistas com faixa da campanha pela vacinação de profissionais de imprensa
Vereadores e jornalistas com faixa da campanha pela vacinação de profissionais de imprensa - Izaias Medeiros/CMCG

A Câmara Municipal de Campo Grande reforçou apelo pela inclusão dos profissionais da imprensa nos grupos prioritários à vacinação contra a covid-19. Vereadores participaram de um ato com o Sindjor-MS (Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul) na manhã de hoje (25), na Casa de Leis.

Segundo divulgou a Câmara, os parlamentares assinaram um ofício em nome do Poder Legislativo e do sindicato, solicitando ao secretário de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, e ao secretário municipal de Saúde (Sesau), José Mauro Filho, a inclusão da categoria nas prioridades dos planos estadual e municipal de imunização.

Presidente da Casa, o vereador Carlão (PSB) disse que os jornalistas e todos os trabalhadores da imprensa têm o apoio irrestrito da Câmara Municipal de Campo Grande.

[Colocar ALT]
Vereador com adesivo da campanha pela vacinação de jornalistas - Izaias Medeiros/CMCG

“Entendemos que é uma classe que está na frente divulgando essa questão da covid-19, se expondo nos postos de saúde, nas regiões dos bairros de Campo Grande e pelo Brasil afora, entendemos que eles são prioridade em receber essa vacina, então vamos trabalhar muito todos os vereadores, vamos divulgar, vamos pressionar, para que eles sejam vacinados”, afirmou Carlão.

Presente no ato desta manhã, a vereadora Camila Jara (PT) também manifestou apoio à vacinação prioritária para profissionais da imprensa. “Como temos visto em todo o país, a desinformação também mata e os jornalistas têm sido fundamentais para combater as fake news, para repassar informações corretas sobre as medidas de biossegurança que devem ser seguidas e também no incentivo à vacinação”, publicou a parlamentar nas redes sociais.

Também participaram do ato os vereadores Dr. Sandro Benites (Patriota), Professor Juari (PSDB), Marcos Tabosa (PDT), Ronilço Guerreiro (Podemos), Coronel Alírio Villasanti (PSL) e Prof. André Luis (Rede), além do presidente do Sindjor-MS Walter Gonçalves Filho e da jornalista Liziane Berrocal.

De acordo com o Sindjor-MS, a covid-19 já matou oito jornalistas e contaminou pelo menos 200 no Estado.

Presidente da Assembleia Legislativa também reiterou pedido

Há pouco menos de dez dias, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa Paulo Corrêa (PSDB) também pediu a inclusão de profissionais da imprensa entre os grupos prioritários da imunização contra a covid-19.

“Em qualquer lugar que a gente vá, em qualquer lugar que a gente esteja, está um jornalista ou uma jornalista. Essas pessoas continuaram trabalhando. São heróis que, de repente, ficam esquecidos”, argumentou o parlamentar na ocasião.

Apesar dos apelos, no último dia 17, a CIB (Comissão Intergestores Bipartite) rejeitou incorporar nas primeiras fileiras de vacinaçãoos profissionais da imprensa, bem como do comércio, bancários, da segurança privada e de transporte de valores, conselheiros tutelares e oficiais de Justiça.

Jornal Midiamax