Política

Projeto torna obrigatório o uso de lacres em embalagens de delivery em Campo Grande

Medida ainda deve passar por votação na Câmara Municipal

Dândara Genelhú Publicado em 08/11/2021, às 15h01

None
Foto: Marcos Ermínio | Jornal Midiamax.

Um projeto de lei quer tornar obrigatório o uso de lacres em embalagens transportadas por delivery em Campo Grande. A proposta foi protocolada, nesta segunda-feira (8), na Câmara Municipal.

Conforme o texto, a medida é obrigatória apenas para produtos alimentícios, comercializados por pizzarias, lanchonetes, restaurantes, quiosques e outros estabelecimentos do ramo. Podem ser utilizados como lacre, adesivos ou qualquer outra forma que sinalize que o produto não foi aberto.

Os lacres devem ser invioláveis, ou seja, abertos apenas quando o produto for ser consumido. Assim, caso seja violado, o produto pode ser devolvido pelo consumidor.

“O selo de segurança serve para impedir a entrega de alimentos e bebidas violados e a possível contaminação por pessoas que não participam do processo de produção do alimento”, explica o texto da proposta.

O autor do projeto, vereador Betinho (Republicanos), afirma que a medida se faz necessária pela segurança do produto. Isso porque o delivery é “a única alternativa que os consumidores e comerciantes encontraram para escapar da aglomeração, contudo, mesmo com a flexibilização das medidas de segurança o número de entregas continua alto, uma prática que se tornou tendência”.

Jornal Midiamax