Conforme o texto, o corredor deverá ser instalado na rua Engenheiro Paulo Frontin, entre a rua José Antônio Saraiva e a Y-juca Pirama. A proposta prevê que o Executivo regulamente a lei e incentive “a promoção e ordenamento do local, mediante apoio dos órgãos envolvidos”.

Segundo o autor do projeto, vereador Vargas (PSD), o “corredor comercial atrairá mais comércios, empregos, além da região ser ainda mais valorizada”. O autor também justifica o projeto pela “quantidade de comércios estabelecidos no local”.

A proposta ainda deve ser votada pelos vereadores de Campo Grande.