Política

Presidente da Câmara de Campo Grande cogita retomar sessão presencial na próxima semana

Em alguns casos, é impossível ouvir ou entender o contexto de determinados pronunciamentos

Mayara Bueno Publicado em 20/04/2021, às 10h00

Vereadores durante sessão remota desta terça-feira (20)
Vereadores durante sessão remota desta terça-feira (20) - (Foto: Reprodução/Facebook)

Durante a sessão desta terça-feira (20), o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Carlão (PSB), disse aos colegas sobre a possibilidade de retomar sessões presenciais na próxima semana. No entanto, a eventual volta dependerá dos números de infectados e a situação da pandemia de coronavírus. 

Um dos motivos citados, justamente após problemas de conexão na reunião, foi a falha na internet, que tem acontecido constantemente - há casos em que não há como ouvir ou compreender o contexto de pronunciamentos. Os vereadores retomaram encontros virtuais devido ao agravamento da doença na cidade. Com isso, integrantes da Mesa Diretora permanecem no plenarinho da Casa de Leis, enquanto os demais ficam em seus gabinetes, escritórios e, em alguns casos, em casa. 

A ideia é manter a sessão remota na quinta-feira (22) e, na próxima terça-feira (27), voltar para o plenário. "Tentar organizar para voltar, com protocolos, distanciamento, um assessor por vereador. Se os números permanecerem iguais, estabilizado ou em declínio", disse o presidente citando a dificuldade de conexão. Mas, novamente afirmou que a retomada voltará somente se a pandemia não estiver em aceleração.

Jornal Midiamax