Política

Está tudo preparado para volta 100% presencial das aulas da Reme em fevereiro, diz prefeito

Atualmente, alunos estudam de forma remota e presencial, com número reduzido em salas de aula

Mayara Bueno Publicado em 22/10/2021, às 10h06 - Atualizado às 10h20

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, arquivo)

Os estudantes da Reme (Rede Municipal de Ensino) deverão voltar às escolas com ensino 100% integral a partir de fevereiro de 2022, afirmou o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). Ele já tinha dito que, neste ano, 'seria difícil' a retomada total, porque o ano letivo está prestes a terminar e também por cautela. As instituições de ensino foram fechadas em março de 2020 por causa da pandemia de Covid-19.

Atualmente, os alunos estudam de forma híbrida, ou seja, com aulas remotas e presenciais, com número reduzido nas salas de aula. "Este ano seria difícil, até porque está faltando poucos dias para finalizar e seria, segundo a educação, contraproducente neste momento. Mas, para o ano que vem está tudo organizado para começar em fevereiro 100% integral".

A retomada às dependências físicas em Campo Grande começou no segundo semestre deste ano nas escolas municipais, bem como nas estaduais — que ensaiaram volta no início do ano, mas, devido ao agravamento da pandemia naquela ocasião, a ideia não foi para frente. Os alunos da rede estadual de ensino já voltaram 100% presencial, ou seja, aulas nas escolas todos os dias da semana

Jornal Midiamax