Política

Após morte de candidato a vice, campanha em Sidrolândia é suspensa

Moacyr do Vacaria morreu por complicações da Covid-19

Adriel Mattos Publicado em 07/06/2021, às 13h46

None
Foto: Reprodução/Facebook

Os dois candidatos à prefeitura de Sidrolândia suspenderam atos de campanha após a morte do candidato a vice, Moacyr de Almeida (Patriota). Conhecido como Moacyr do Vacaria, ele faleceu nesta segunda-feira (7) após três meses internado para tratar complicações da Covid-19.

O empresário era vice de Enelvo Felini (PSDB). “Quero honrar todos os compromissos que nós assumimos juntos. Vou suspender a campanha hoje, por respeito à vida do meu amigo”, declarou o tucano em vídeo publicado na rede social Facebook.

Adversária da dupla, a prefeita interina e candidata Vanda Camilo (PP) também lamentou a morte. Ela também suspendeu a campanha.

“Tive a oportunidade de conviver com ele e nos tornamos amigos, especialmente no período em que foi presidente do Lions Clube de Sidrolândia, quando formamos muitas parcerias em prol do Hospital [Elmíria Silvério Barbosa]. Moacyr era um homem de bons sentimentos e deixa um legado generoso e honrado para Sidrolândia. Sensibilizados, suspendemos todos os compromissos de campanha e com a fé viva de que Moacyr é acolhido no amor de Deus, desejamos serenidade e força à família”, escreveu no Facebook.

Moacyr contraiu a doença no início da campanha, em março. Ele iniciou o tratamento em casa, mas foi internado no Hospital da Unimed, em Campo Grande. O político foi transferido para um hospital de São Paulo, onde veio a falecer.

Jornal Midiamax