Política

Candidato a vice-prefeito de Sidrolândia morre vítima da Covid-19

Moacyr do Vacaria, como era conhecido, morreu em São Paulo

Renata Volpe Publicado em 07/06/2021, às 09h42

Moacyr de Almeida e Enelvo Felini em campanha suplementar para prefeitura de Sidrolândia
Moacyr de Almeida e Enelvo Felini em campanha suplementar para prefeitura de Sidrolândia - Reprodução, Facebook

Moacyr de Almeida, candidato a vice-prefeito de Sidrolândia, morreu nesta segunda-feira (7) vítima da Covid-19, em São Paulo, onde estava internado para tratamento da doença.

Conhecido como Moacyr do Vacaria, pois era dono da Viação Vacaria, Moacyr era filiado ao Patriota e disputava as eleições suplementares de Sidrolândia ao lado de Enelvo Felini (PSDB). 

Enelvo e Vacaria foram infectados pelo vírus durante a campanha em março. Moacyr foi internado no hospital da Unimed de Campo Grande, foi entubado, mas apresentou melhoras em seu quadro clínico, tendo inclusive sido extubado. Porém, como teve uma infecção pulmonar, seus familiares decidiram transferir Moacyr para um hospital de São Paulo. 

Nas redes sociais, Felini lamentou a morte do empresário. “Moacyr foi um guerreiro que deixa um legado de trabalho, um exemplo de empreendedorismo e centenas de famílias beneficiadas pelos empregos que criou”.

Felini disse ainda que o compromisso continua. “Vamos honrar todas as metas que pactuamos e fazer de tudo para que Sidrolândia cresça, se modernize e avance para o futuro como era seu sonho”.

Pelo avanço da doença no município, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) chegou a suspender as eleições. Os eleitores do município devem ir às urnas no próximo dia 13 escolher entre Enelvo e Vanda Camilo (PP).

Jornal Midiamax