Acima da média nacional: 1 em cada 10 sul-mato-grossenses está filiado a um partido político

Em Mato Grosso do Sul, uma pessoa em cada 10 está filiada a algum partido político. Os dados são do Filia (Sistema de Filiação Partidária) do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e apontam que 303.135 pessoas em todo o Estado são integrantes de alguma agremiação partidária. O número corresponde a 10,9% do total da população de MS, […]
| 17/07/2020
- 19:10
Imagem ilustrativa | Divulgação | TSE
Imagem ilustrativa | Divulgação | TSE - Imagem ilustrativa | Divulgação | TSE

Em , uma pessoa em cada 10 está filiada a algum partido político. Os dados são do Filia (Sistema de Filiação Partidária) do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e apontam que 303.135 pessoas em todo o Estado são integrantes de alguma agremiação partidária. O número corresponde a 10,9% do total da população de MS, estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2,7 milhões de pessoas.

Quando se leva em conta apenas um número de eleitores, o percentual de filiação sobe para 15,6% do total. Isso de acordo com dados atualizados pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) em junho deste ano, segundo os quais há 1,9 milhão de eleitores no Estado.

Segundo o TSE, MS possui representantes filiados em 32 das 33 legendas reconhecidas pela Justiça Eleitoral. Na tabela de abrangência de público por partido, somente o recém-criado UP (Unidade  Popular) não possui nenhum filiado em território sul-mato-grossense.

O eleitorado filiado integra as fileiras do Avante, Cidadania, Democracia Cristã, DEM, MDB, Novo, Patriota, PCB, , PCO,PDT, PL, PMB, PMN, Podemos, PP, Pros, PRTB, PSB, PSC, PSD, PSDB, PSL, PSOL, PSTU, PT, PTB, PTC, PV, Rede, Republicanos e Solidariedade.

Acima da média nacional 

A adesão do sul-mato-grossense a legendas é maior que o percentual registrado no País. Conforme o TSE, são 16,4 milhões de filiados em todo o território nacional. Já a estimativa do IBGE para a população brasileira neste ano é de 211 milhões de pessoas. Com isso, fica em 7,7% o percentual de brasileiros adepto a partidos políticos.

Além de manifestação de apoio a uma ideologia, a filiação partidária é pré-requisito básico para se candidatar a um cargo eletivo. Conforme a legislação eleitoral, o cidadão que deseja disputar deve, dentre outros critérios, estar filiado a algum partido até os  seis meses que antecedem as eleições. As legendas podem, por sua vez, estabelecer prazos de filiação superiores a esse. Pela lei, todos os partidos devem apresentar sua relação de filiados na segunda semana dos meses de abril e outubro.

Veja também

Últimas notícias