Política

Sonora decreta lockdown e proíbe venda de bebida alcoólica aos finais de semana

Para frear coronavírus, a Prefeitura de Sonora decretou lockdown durante os finais de semana e proibiu a venda de bebidas alcoólicas.

Dândara Genelhú Publicado em 14/07/2020, às 17h55

None

Para frear coronavírus, a Prefeitura de Sonora decretou novas medidas de enfrentamento a pandemia. A partir desta terça-feira (14), a cidade deverá permanecer em lockdown durante os finais de semana, quando também foi proibida a venda de bebidas alcoólicas.

O decreto foi publicado no Assomasul (Diário Oficial dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e as medidas são válidas pelos próximos 15 dias. Ou seja, por dois finais de semana os comércios, inclusive templos e igrejas, estarão proibidos de abrir. Assim, o decreto define que o lockdown começa às “20h30 de sexta-feira até às 05h da segunda-feira seguinte”.

Estabelecimentos considerados como essenciais poderão funcionar até às 22h. Porém, durante o período de lockdown foi proibido a venda de bebidas alcoólicas em todo o município.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), até esta terça-feira (14) haviam 55 casos confirmados na cidade. Até o momento, foi registrada uma morte causada por coronavírus no município.

Além do lockdown, desde a última segunda-feira (13), foi proibida a utilização do balneário municipal pelo período de 15 dias. “Independentemente de aglomeração, o acesso de pessoas no balneário de Sonora, inclusive para embarque e desembarque de barcos, lanchas, motos náuticas e similares”, define o decreto.

A prefeitura também decretou a proibição da “utilização, independente do motivo, de praças, canteiros de avenidas, bem como utilização de som (ao vivo ou mecânico), como forma de atrair público, em especial restaurantes, lanchonetes, sorveterias, conveniências, bares e afins”. Por fim, a publicação prevê que o descumprimento das medidas de prevenções pode gerar responsabilização civil, administrativa e penal.

Lockdown aos finais de semana

Entre 10 e 13 de julho, a Prefeitura de Pedro Gomes adotou a mesma medida. Durante este período foi decretado lockdown na cidade. O município está entre os quatro de Mato Grosso do Sul que ainda não possuem casos de coronavírus.

Jornal Midiamax