Dourados deve receber R$ 36 milhões do plano emergencial aprovado no Senado

A aprovação do PLP 39/2020 (Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus ), no último sábado (2) pelo Senado Federal deve ter efeitos imediatos na política de saúde de Dourados. Segundo o senador Nelson Trad Filho o município deve receber R$ 36 milhões. A boa notícia foi transmitida pelo senador sul-mato-grossense que participou de uma transmissão […]
| 05/05/2020
- 14:13
Dourados deve receber R$ 36 milhões do plano emergencial aprovado no Senado
Senador fez transmissão online para vereadores de Dourados. (Foto: Senado/Reprodução) - Senador fez transmissão online para vereadores de Dourados. (Foto: Senado/Reprodução)

A aprovação do PLP 39/2020 (Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus ), no último sábado (2) pelo Federal deve ter efeitos imediatos na política de saúde de Dourados. Segundo o senador Nelson Trad Filho o município deve receber R$ 36 milhões.

A boa notícia foi transmitida pelo senador sul-mato-grossense que participou de uma transmissão online durante a 13ª sessão ordinária da Câmara de Dourados desta segunda-feira(4).

“Aprovamos o projeto no sábado que é conhecido como o ‘socorro dos estados e municípios’. Está previsto para Dourados R$ milhões de reais divididos em quatro parcelas, ou seja, R$ 9 milhões de reais por mês a partir do dia 15 de maio. Conseguimos chegar neste acordo com o Governo Federal, aumentando o valor e reduzindo em quatro meses, porque acreditamos que no quinto mês as coisas já estarão funcionando melhor”, disse o senador Nelsinho Trad.

Trad anunciou, ainda,  a liberação para a UFGD  (Universidade Federal da Grande Dourados), através do MEC  (Ministério da ), recursos de R$ 580 mil e para a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), através do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) mais R$ 600 mil reais.

“Além disso, para as obras de rede de esgoto, R$ 1.800.000,00 e R$ 101 mil para quadra coberta. Para 2020, como Dourados é a 2ª maior cidade do nosso estado, tem muita demanda e atende muitos municípios ao redor, disponibilizamos R$ 200 mil para a saúde de média e alta complexidade, que já foi liberado para a prefeitura. E o Ministé rio do Desenvolvimento Regional também liberou R$ 109 mil para obras de esgotamento sanitário”, afirmou.

Segundo o senador, já está empenhado o valor de R$ 4.841.000,00 da Sudeco  (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste () para execução de de águas pluviais e pavimentação asfáltica.

Nelsinho Trad também mencionou que há algumas emendas que ainda estão sendo discutidas, como a emenda de bancada no valor de R$ 10 milhões do Ministério de Infraestrutura para a construção do novo terminal de passageiros aeroporto de Dourados, outra de R$ 10 milhões para a Uems e R$ 300 mil para a construção de um anfiteatro no campus da universidade estadual.

“Em conversa com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, estamos forçando a liberação de R$ 10 milhões para conclusão da obra do Hospital da Criança e da Mulher da UFGD/ Ebserh. O secretário informou que em 30 a 45 dias a obra será concluída, e neste valor estão inclusos os equipamentos, então é importante priorizar o envio destes recursos”, ressaltou o senador. Além ainda da linha de crédito do Programa Avançar Cidades, com recursos oriundos dos governos federal ou estadual, que serão destinados quase R$ 30 milhões para a cidade”, garantiu Nelsinho Trad.

Veja também

O prefeito de Cassilândia, Jair Boni Cogo (PSDB), de 74 anos, segue internado no Hospital...

Últimas notícias