Política

Vereador campo-grandense assume presidência regional do Solidariedade

O vereador Papy (SD), eleito em Campo Grande para primeiro mandato em 2016, vai assumir o comando do Solidariedade em Mato Grosso do Sul. Ele vai substituir Idelmar da Mota Lima no posto de presidente regional da sigla a convite da executiva nacional do partido, presidido pelo sindicalista e deputado federal Paulinho da Força. Conforme […]

Nyelder Rodrigues Publicado em 30/07/2019, às 18h37 - Atualizado em 31/07/2019, às 14h12

O vereador Papy, do SD (Foto: CMCG)
O vereador Papy, do SD (Foto: CMCG) - O vereador Papy, do SD (Foto: CMCG)

O vereador Papy (SD), eleito em Campo Grande para primeiro mandato em 2016, vai assumir o comando do Solidariedade em Mato Grosso do Sul. Ele vai substituir Idelmar da Mota Lima no posto de presidente regional da sigla a convite da executiva nacional do partido, presidido pelo sindicalista e deputado federal Paulinho da Força.

Conforme divulgado pelo próprio vereador, em nota à imprensa, a posse ainda não tem data definida, mas deve acontecer em solenidade na primeira quinzena de agosto. A nova diretoria já foi organizada e validada com registro no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Papy, que se chama Epaminondas Vicente Silva Neto, tem 31 anos e já foi gestor do Trabalho na Funtrab-MS (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul). Em entrevista realizada em 2017 e publicada no site do Solidariedade, ele afirmou que um de seus sonhos de infância era ser governador.

Um dos motivos para Papy ter sido escolhido para a presidência do partido no Estado é que poderá dar mais dinamismo à legenda. O SD conta também com Eduardo Cury na Câmara Municipal e com os deputados estaduais Lucas de Lima e Herculano Borges na Assembleia Legislativa.

Jornal Midiamax