Política

Após denúncias, Assembleia Legislativa vai atualizar cadastro dos servidores

A ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) anunciou nesta terça-feira (26) o PAC (Programa de Atualização Cadastral) para atualizar informações sobre servidores ativos, inativos e pensionistas que começa na semana que vem. A iniciativa acontece após denúncias sobre servidores fantasmas na Casa. Segundo o presidente, deputado estadual Paulo Correa (PSDB), é importante ...

Evelin Cáceres Publicado em 26/03/2019, às 12h36 - Atualizado às 16h58

Presidente da Casa, deputado Paulo Correa (Victor Chileno, ALMS)
Presidente da Casa, deputado Paulo Correa (Victor Chileno, ALMS) - Presidente da Casa, deputado Paulo Correa (Victor Chileno, ALMS)

A ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) anunciou nesta terça-feira (26) o PAC (Programa de Atualização Cadastral) para atualizar informações sobre servidores ativos, inativos e pensionistas que começa na semana que vem. A iniciativa acontece após denúncias sobre servidores fantasmas na Casa.

Segundo o presidente, deputado estadual Paulo Correa (PSDB), é importante o recadastramento para que a Casa tenha maior controle sobre a lotação dos servidores e também para uma futura marcação de ponto via biometria.

“Estamos começando uma nova gestão e é importante que os servidores façam o cadastramento. Vamos checar vários dados e realizar a biometria. O censo é uma determinação legal, portanto, todos devem participar”.

Correa frisou que a intenção é não deixar nenhuma dúvida na população sobre as denúncias que são feitas sobre supostos casos de servidores ausentes. “Várias denúncias são formuladas, inclusive denúncias anônimas ao Ministério Público Estadual de que tem alguma pessoa que não está, que falta. É mais um dos motivos para termos esse recadastramento”.

Serviço

Os documentos pessoais e dos dependestes precisam estar atualizados, pois existem mudanças como, por exemplo, de sobrenome e endereço. Os funcionários que têm vínculo com outro órgão ou que estão em regime de cedência, com ou sem ônus para origem, deverão fazer a atualização. Os formulários serão recebidos de 1º de abril a 17 de maio e o recadastramento será realizado presencialmente, devendo ser gerado o formulário pelo Portal da ALMS e preenchido previamente em duas vias, sendo uma para protocolo.

Devidamente habilitado, o funcionário deverá fazer pessoalmente a entrega do documento no Plenarinho Deputado Nelito Câmara. Por motivo justificável, o servidor inativo que não puder comparecer pessoalmente deverá ser representado por um procurador legalmente habilitado, exibindo procuração com firma reconhecida.

Abaixo consta o cronograma do recadastramento.

Servidores cujo nome se inicia com as letras:

A,B – 1º a 5 de abril

C, D e E – 8 a 12 de abril

F, G, H e I – 15 a 18 de abril

J e K – 23 a 26 de abril

L e M – 29 de abril a 3 de maio

N, O, P, Q e R – 6 a 10 de maio

S, T, U, V, W, X, Y e Z – 13 a 17 de maio

Jornal Midiamax