Política

Para Marcelo Bluma, discurso de Bolsonaro gera reações de ‘amor e ódio’

O candidato ao governo do Estado Marcelo Bluma (PV) disse lamentar o ato contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nesta quinta-feira (06) em Minas Gerais, quando o candidato foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira, identificado pela Polícia Militar. “Nós do PV somos pacifistas e agressão a gente repudia. Agora um ato desses em campanha […]

Evelin Cáceres Publicado em 06/09/2018, às 16h52

Marcelo Bluma (PV) durante Debate Midiamax. (Foto; Marcos Ermínio)
Marcelo Bluma (PV) durante Debate Midiamax. (Foto; Marcos Ermínio) - Marcelo Bluma (PV) durante Debate Midiamax. (Foto; Marcos Ermínio)

Para Marcelo Bluma, discurso de Bolsonaro gera reações de ‘amor e ódio’O candidato ao governo do Estado Marcelo Bluma (PV) disse lamentar o ato contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nesta quinta-feira (06) em Minas Gerais, quando o candidato foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira, identificado pela Polícia Militar.

“Nós do PV somos pacifistas e agressão a gente repudia. Agora um ato desses em campanha é de se repudiar. A disputa tem que ser de ideias, de programa. Mas o discurso do Bolsonaro acaba gerando essas reações de amor e ódio”.

Para Bluma, as pessoas podem discordar do que o candidato diz, mas devem garantir o direito de expressão de todos.

O candidato não acredita que a ação afete o cenário local e nem pensa em reforços na segurança para campanha. “Nossa campanha é dura em defesa de ideias e propostas, o próprio Debate Midiamax repercutir, mas nada que chegue em vias de fato”, comentou.

Facada

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) foi esfaqueado em evento de campanha em Minas Gerais na tarde desta quinta-feira (6), segundo agências de notícias.

O candidato teria sido esfaqueado na região do tórax enquanto era carregado nos ombros por um apoiador de campanha.

“Não sabe a gravidade ainda ou o que está acontecendo”, disse o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável.

Pouco tempo depois do crime, Flávio Bolsonaro postou no Twitter que o presidenciável passa bem. “Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!”, postou.

O candidato foi encaminhado para a Santa Casa de Juiz de Fora. Segundo a PM, um suspeito foi detido, mas ainda não foi identificado.

Jornal Midiamax