Política

DATAmax antecipou vitória de Bolsonaro em Mato Grosso do Sul

Na última pesquisa de intenção de votos em Mato Grosso do Sul, o DATAmax já apontava a vitória do presidente eleito neste domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL). A pesquisa do Instituto DATAmax foi divulgada às vésperas das eleições presidenciais na madrugada deste sábado (27). O candidato teve 65,25% dos votos em Mato Grosso do Sul, […]

Mariane Chianezi Publicado em 28/10/2018, às 19h45 - Atualizado às 19h57

Foto: Divulgação/Facebook
Foto: Divulgação/Facebook - Foto: Divulgação/Facebook

Na última pesquisa de intenção de votos em Mato Grosso do Sul, o DATAmax já apontava a vitória do presidente eleito neste domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL). A pesquisa do Instituto DATAmax foi divulgada às vésperas das eleições presidenciais na madrugada deste sábado (27).

O candidato teve 65,25% dos votos em Mato Grosso do Sul, enquanto o instituto apontava 67,8%, margem de erro de 2 pontos percentuais.

A pesquisa também apontou que o candidato do PT, Fernando Haddad, perderia as eleições. A pesquisa mostrou 32,2% das intenções de votos e, após a apuração no Estado, votação nas urnas foram de 34,75%. Também com margem de erro de 2%, como era esperado.

Preferido em MS

O candidato eleito pelo PSL, Jair Bolsonaro, teve 65,25% de preferência dos eleitores em Mato Grosso do Sul. Os sul-mato-grossenses deram 851.987 votos a Bolsonaro.

Fernando Haddad, do PT, teve 34,75% dos votos no eleitorado de MS, equivalente a 464.380 votos.

O mapa eleitoral indica que o candidato do PSL liderou as preferências de voto na maioria das cidades de MS, enquanto Haddad foi preferência apenas nas cidades de Tacuru e Dois Irmãos do Buriti.

No Estado, foram 27.014 brancos e 85.889 nulos. 100% das urnas foram apuradas em MS.

Presidente eleito

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente da república neste domingo (28), no 2° turno das Eleições 2018. Bolsonaro governará o Brasil nos próximos 4 anos.

A apuração das urnas indicou que o candidato pelo PSL teve 55,54 % dos votos, o equivalente a 55.205.640 de votos, contra 44,46% de Fernando Haddad, 44.193.523 votos.

Os votos nulos somaram 8.166.100 (7,43%), brancos 2.371.683 (2,16%). As abstenções foram 29.519.904, equivalente a 24,17%.

Jornal Midiamax