Política

Vereador defende diálogo e alerta para riscos de intervenção na Santa Casa

Integrante da Comissão de Saúde

Diego Alves Publicado em 11/08/2017, às 01h28

None

Integrante da Comissão de Saúde

O vereador Dr. Lívio participou, na manhã de hoje, da reunião do presidente da Associação Beneficente de Campo Grande, mantenedora da Santa Casa de Campo Grande, Esacheu Nascimento, com o presidente da Câmara, vereador João Rocha, e todos os integrantes da Comissão de Saúde.Vereador defende diálogo e alerta para riscos de intervenção na Santa Casa



Aos vereadores, Esacheu Nascimento disse que o hospital precisa de um contrato de 12 meses para que, a cada 30 dias, os problemas não se repitam. Além disso, ele quer também que uma parte do repasse seja feita até o quinto dia útil para garantir o pagamento dos colaboradores do hospital. Segundo ele, a folha de pagamento é de R$ 14 milhões.

Durante a sessão ordinária de hoje, o presidente do SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem), Lázaro Antonio Santana pediu na tribuna o apoio dos parlamentares para que intermediassem uma solução definitiva que impeça o atraso constante nos salários dos profissionais, como tem ocorrido nos últimos meses.
Em plenário, Dr. Lívio alertou também para os riscos de uma nova intervenção, que segundo ele, foi extremamente danosa ao hospital ao longo de oito anos.

Na tarde de hoje, o hospital informou que os salários dos funcionários já foram pagos, após a prefeitura repassar os recursos. Com o pagamento feito, os trabalhadores retomaram os trabalhos. O hospital estava trabalhando com apenas 30% do quadro de enfermeiros, pois a categoria cruzou os braços após não receber no quinto dia útil.

Jornal Midiamax