Política

Prefeito é empossado presidente da Junta Militar de Campo Grande

Local é mantido pela Prefeitura

Jessica Benitez Publicado em 20/01/2017, às 15h09

None
marquinhosjunta2.jpg

Local é mantido pela Prefeitura

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) foi nomeado presidente da Junta de Serviço Militar em Campo Grande. A função é condicionada automaticamente a quem é eleito chefe do Executivo. O local serve para que jovens de 18 anos façam alistamento militar e é mantido pela Prefeitura. Contudo, a responsabilidade de selecionar os que vão ingressar cabe ao Exército, Marinha e Aeronáutica.

O 1º tenente e delegado de serviço militar do posto de recrutamento e mobilização do 18º batalhão, Ramiro de Souza Pimentel Júnior, explicou que todo prefeito deve ocupar a presidência da junta. Além do alistamento, o lugar deve ser procurado quando há necessidade de tirar segunda via do comprovante de reservista ou documentos neste sentido.

Ele contou que este ano são esperados 9 mil jovens alistados e deste total pelo menos 2.500 selecionados. O alistamento é obrigatório para rapazes que completam 18 anos em 2017 e vai até o dia 31 de junho.

“Mesmo quem faz aniversário depois desse prazo, como no dia 31 de dezembro, por exemplo, tem que se alistar”, explicou.

A junta fica na rua Antônio Maria Coelho, número 300 e funcionada de segunda a sexta-feira das 7h às 11h30 e das 13h às 17h. A equipe de atendimento é composta por 12 funcionários contratados pela própria Prefeitura. 

Jornal Midiamax