Planalto irá discutir corte de cargos a quem votou contra reforma

Texto teve 177 votantes contrários
| 27/04/2017
- 14:54
Planalto irá discutir corte de cargos a quem votou contra reforma

Texto teve 177 votantes contrários

O governo Federal solicitou uma reunião com os líderes dos partidos da Câmara dos Deputados após a aprovação da proposta da , na noite desta quarta-feira (26). 

A reunião foi agendada para a tarde desta quinta (27). Segundo a coluna Painel do jornal Folha de São Paulo, o assunto da reunião seria o corte de cargos aos deputados que votaram contra a reforma.

O PSDB e o DEM foram os partidos que mais votaram a favor da reforma. Já o PSB, que anunciou que votaria contra, teve 14 votos favoráveis. O PROS também irritou o governo: com cinco deputados na Câmara, quatro votaram contra a reforma.

O texto obteve 177 votos contrários e 296 a favor. Na bancada de Mato Grosso do Sul, com oito deputados, cinco foram favoráveis à aprovação da reforma.

Ainda de acordo com a coluna da Folha de S. Paulo, houveram tentativas de setores do empresariados de incluir emendas ao texto da reforma mesmo após o início da sessão na Câmara dos Deputados.

Um funcionário da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) pediu que os deputados deixassem mais claro no texto o limite de tempo para tramitação de um processo trabalhista.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Veja também

O juízo da Vara de Falências, Recuperações, Insolvências e Cartas Precatórias Cíveis de Campo Grande...

Últimas notícias