Política

Na Capital para palestra, Aldo Rebelo descarta candidatura a vice-presidente

Ele comporia chapa com Rodrigo Maia

Midiamax Publicado em 05/06/2017, às 20h15

None

Ele comporia chapa com Rodrigo Maia

Citado por jornais e revistas de circulação nacional como um provável candidato a vice-presidente em uma chapa com Rodrigo Maia, caso haja eleição indireta para presidente, o ex-ministro Aldo Rebelo (PCdoB) negou essa possibilidade, durante entrevista coletiva nesta tarde em Campo Grande. Ele rejeitou, também, a possibilidade de trocar o PCdoB pelo PSB.

Rebelo, segundo publicações como O Estado de S.Paulo e a Revista Veja seria um nome defendido, além do próprio partido, por legendas como o Solidariedade. Já teriam ocorrido, inclusive, jantares para tratar do assunto. Ele diz que não.

Em Campo Grande para palestra sobre o Código Florestal, projeto que relatou quando deputado federal, o político afirmou que o aconteceu é que tanto a legenda quanto ele criaram um “relacionamento” com Rodrigo Maia, em razão do apoio a ele quando foi candidato à presidência da Câmara.  “Não existe conversas para que meu nome se apresente em um cenário de eleição indireta”.Na Capital para palestra, Aldo Rebelo descarta candidatura a vice-presidente

O ex-ministro, inclusive, disse que assim como outros partidos de esquerda, defende a realização de eleição direta, como saída pacífica para uma eventual substituição de Michel Temer, alvo de processo que pode levar à cassação do mandato na Justiça Eleitoral e implicado no escândalo da delação premiada da JBS.

Troca de partido?

Sobre rumores de que trocaria o PCdoB pelo PSB, Rebelo admitiu ter sido sondado pela legenda para uma candidatura à presidência da República em 2018,mas afirma que, “por questões de agenda e compromissos pessoais”, declinou do convite.

Rebelo faz palestra nesta noite, às 19h, no auditório Germano Ramos do Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes, com entrada franca.

Jornal Midiamax