Política

Marquinhos diz que vai dialogar sobre previdência para evitar desgaste

Comissão foi criada para debate reforma 

Ludyney Moura Publicado em 24/11/2017, às 12h00

None

Comissão foi criada para debate reforma 

Durante agenda pública na manhã desta sexta-feira (24), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que o Executivo já iniciou o debate com servidor sobre a reforma da previdência, para evitar o desgaste político que o governo estadual enfrenta na tentativa de aprovar seu projeto na Assembleia Legislativa.

“Falta de diálogo e debate não vai acontecer comigo, tanto que já foi criada uma comissão, em audiência pública na Câmara, para iniciar a discussão com servidores”, revelou Marquinhos.Marquinhos diz que vai dialogar sobre previdência para evitar desgaste

O prefeito explicou que até agora nenhum projeto foi encaminhado para a Câmara de Vereadores porque a discussão com os servidores ainda continua. Não há, por ora, definição sobre os pontos a serem alterados na previdência municipal.

Todavia, o próprio Chefe do Executivo já adiantou que é possível propor o aumento, como fez o governo estadual, da alíquota de contribuição do servidor de 11% para 14%.

Ao justitificar a necessidade de alterar a legislação previdenciária do município, o prefeito afirma que não se for feitas mudanças emergenciais, os salários do funcionalismo público da Capital deixarão de ser pagos dentre de cinco ou seis anos.

“É melhor amputar o dedo agora do que a doença se generalizar, se espalhar pelo corpo”, finalizou Trad. 

Jornal Midiamax