Política

Câmara vai votar projeto que pode dar desconto de 90% no IPTU em atraso

Refis será apreciado em regime de urgência

Ludyney Moura Publicado em 28/09/2017, às 13h48

None

Refis será apreciado em regime de urgência

A Câmara de Vereadores de Campo Grande deve votar na sessão desta quinta-feira (28), em regime de urgência, o projeto de refis encaminhado pela Prefeitura.

O presidente da Casa, vereador João Rocha (PSDB), revelou que os parlamentares se reuniram no começo da manhã e decidiram apresentar uma emenda ao projeto, que prevê descontos de até 90% nos impostos municipais em atraso.

De acordo com Rocha, o projeto prevê desconto de até 90% para quem pagar taxas como IPTU e ISS que estiverem em atraso. Quem optar pelo parcelamento em seis meses terá um desconto de 75%, e em 12 meses de 30%.

O projeto foi levado à Câmara pelo secretario municipal de finanças, Pedro Pedrossian Neto, e Rocha pontuou que até mesmo o aumento do percentual de desconto, de 80% para 90%, já foi acordo com o Executivo.

O município ainda não revelou quanto pretende arrecadar com o novo refis. 

Jornal Midiamax