Política

Bancada do PMDB se encontra com Reinaldo por mudança na reforma da Previdência

Mochi disse que diálogo começou agora

Ludyney Moura Publicado em 21/11/2017, às 15h49

None

Mochi disse que diálogo começou agora

Os deputados estaduais da bancada peemedebista se reuniram com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), no final da manhã desta terça-feira (21), para solicitar alterações no projeto da reforma da previdência.

“Nós estamos lutando para ver se o governo reduz um pouco. Essa é a nossa briga”, disparou o líder da bancada na Assembleia, deputado Eduardo Rocha. Além dele, estiveram no encontro Paulo Siufi, Antonieta Amorim e Júnior Mochi.

O presidente da Assembleia afirmou que não havia, por parte dos servidores, ‘disposição’ para aceitar propostas do governo, no que diz respeito à mudanças na legislação previdenciária.

“Agora começou um diálogo que pode se construir alternativas, que podem preservar os direitos e, ao mesmo tempo, os interesses do governo”, frisou Mochi.

Segundo os peemedebistas, ainda não houve definições sobre as alterações, mas a expectativa é que haja mudança no percentual de contribuição proposto pelo governo, que elevaria a participação de 11% para 14% do salário do servidor.

Mochi revelou que o projeto deve ser analisado pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) antes da sessão de amanhã, quarta-feira (22).

“Se chegarmos a uma definição podemos votar amanhã mesmo em primeira (votação) e segunda (votação) na quinta. A nossa intenção é que haja uma emenda coletiva, que todos os deputados assinassem essa emenda de alteração, para facilitar a aprovação”, finalizou o presidente da Assembleia. 

Jornal Midiamax