Política

VÍDEO: Lula e Jacques Wagner expõem tentativa de convencer ministra

'Já que homem não tem saco', disparou petista

Ludyney Moura Publicado em 17/03/2016, às 11h30

None
lula-e-jacques-wagner.jpg

'Já que homem não tem saco', disparou petista

Apontado como responsável por um ‘ato de grandeza’, já que deixou a Casa Civil para que o ex-presidente Lula (PT) assumisse o posto, e o ex-governador baiano, Jacques Wagner (PT), ganhou uma incumbência do chefe, interceder junto à ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal).

A ministra era a responsável por analisar um pedido da defesa do ex-presidente que suspenderiam as investigações em curso contra ele, a respeito do apartamento triplex no Guarujá e sobre o sítio em Atibaia.VÍDEO: Lula e Jacques Wagner expõem tentativa de convencer ministra

“Wagner, eu queria que você visse agora, falar com ela, já que ela ta ai, falar o negócio da Rosa Weber, que ta na mão dela pra decidir. Se homem não tem saco, quem sabe uma mulher corajosa possa fazer o que os homens não fizeram”, diz o ex-presidente.

Os advogados do petistas entendia que havia um conflito de competência, já que o MPSP (Ministério Público de São Paulo) e a força-tarefa da Lava Jato, sediada em Curitiba (PR), investigavam o mesmo caso.

Se ocorreu ou não, o pedido a Rosa Weber não surtiu efeito. Ela negou a liminar da defesa do ex-presidente, entendendo que não havia conflito de competências. Os advogados recorreram da decisão.

Veja o vídeo:

Jornal Midiamax