Política

Falta de compromisso dificulta achar novo líder de Olarte, diz Carlão

Prefeitura não consegue substituir Edil

Midiamax Publicado em 07/08/2015, às 10h27

None
camara_plenario.jpg

Prefeitura não consegue substituir Edil

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), não consegue encontrar um novo líder para substituir o atual, Edil Albuquerque (PMDB). A dificuldade, na avaliação do vereador Carlão (PSB), um dos cotados para a função, está na falta de compromisso com a base.

Durante a sessão, o vereador perguntou para a reportagem quantos vereadores da base estavam ali, prontos para votar um projeto e opinou: “Ninguém vai assumir com a base esfacelada”, justificou. 

O vereador explica que, embora diga que estão na base, vereadores não têm compromisso de votar projetos com o prefeito e, muitas vezes, se ausentam do plenário na hora de votações importantes.

Carlão, Airton Saraiva (DEM) e Flávio César (PTdoB) sempre são citados como possíveis substitutos de Edil, mas não chegam a acordo com o prefeito. Saraiva já afirmou que não quer e Flávio César, embora alegue que nunca foi chamado, justifica que é vice-presidente e muitas vezes assume a função de presidente da Câmara, o que dificulta.

O secretário de Governo, Paulo Matos, chegou a garantir à reportagem que anunciaria o novo secretário no começo da semana, mas já chegamos ao final e ele ainda não conseguiu um nome. 

Jornal Midiamax