Edil diz que deixa liderança, mas não sairá da base de Gilmar Olarte

Vereador alega não ter característica para embate
| 25/05/2015
- 13:49
Edil diz que deixa liderança, mas não sairá da base de Gilmar Olarte

Vereador alega não ter característica para embate

 

O vereador Edil Albuquerque (PMDB) minimizou as críticas em relação a saída da liderança do prefeito (PP) na Câmara. O vereador afirma que deixa base por problema de perfil e não por conta da crise que a prefeitura enfrenta.

“Não tenho característica de participar de embate. Me curvei por conta de manter a harmonia. Mas, não tenho este perfil”, justificou. Apesar de deixar a liderança, o vereador afirma que não deixará a base de Olarte.

“Saio da liderança, mas não deixo o compromisso que tenho com o prefeito de Campo Grande. De modo algum”, afirmou. Edil ressalta que quando assumiu o posto deixou claro que o objetivo era recuperar o “um ano e meio” de tempo perdido nos projetos do Prodes.

 “Tanto é verdade que quando terminou o Prodes ele já estava conversando com o pessoal e procurando uma liderança”, justificou. Edil evita palpite sobre o próximo líder, mas acredita que Olarte encontrará alguém com o perfil. “Aparece. Com certeza aparece”, concluiu.

O prefeito já convidou os vereadores Carlão (PSB), Chiquinho Telles (PSD) e Flávio César (PTdoB), mas o trio recusou o convite. O vereador Airton Saraiva (DEM) é o mais cotado para o posto. Se aceitar o convite ele será o terceiro líder de Olarte na Câmara. O primeiro líder foi João Rocha (PSDB), que passou o posto para Edil.

 

Veja também

A medida vale até o julgamento do mérito do requerimento de registro da candidatura, do qual o ministro é o relator

Últimas notícias