Política

Ainda sem partido, vereador deve escolher entre PDT ou PSDB

José Chadid assumiu na Câmara cadeira da vice-governadora

Midiamax Publicado em 19/06/2015, às 16h26

None
9e06ed3b27c884c52dab79d05b0e7aae.jpg

José Chadid assumiu na Câmara cadeira da vice-governadora

O vereador José Chadid ainda não definiu para qual partido deve ir, mas afirmou que PDT e PSDB são as siglas que ‘mais tem afinidade’. O ex-tucano foi expulso do PSDB quando assumiu a Secretaria Municipal de Educação por indicação pessoal do ex-prefeito Alcides Bernal (PP). 

Nesta manhã, o parlamentar participou da convenção do PDT, e disse que foi convidado pelo colega da Câmara, vereador Paulo Pedra (PDT), para entrar no partido. “Me sinto bem aqui, é um partido bastante próximo de mim. Existe possibilidade de vir”, disse,  mas ressaltou que a fase, até setembro, quando encerra o prazo de filiação, é de diálogo com os partidos.

Chadid assumiu a cadeira da eleita vice-governadora, Professora Rose (PSDB), e teria recebido convite da vice e do secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, para retornar ao ninho tucano.

Sobre o PSDB, o vereador disse que também deve participar da convenção, que acontece no sábado (20). “Os dois partidos (PDT e PSDB) são os que tenho mais afinidade. PDT tem a bandeira da educação, que é a minha também, e PSDB questão social. São partidos que tenho mais afinidade”.

Jornal Midiamax