Política

Vereadores ‘conferem’ parecer do TCE-MS, acham erros e reprovam contas de ex-prefeito tucano

Por maioria, os vereadores de Deodápolis reprovaram o parecer do TCE (Tribunal de Contas do Estado) e desaprovaram as contas do ex-prefeito Manoel Martins (PSDB) de 2009. Dos nove vereadores, seis votaram pela reprovação das contas. Dois vereadores aprovaram o parecer e houve uma abstenção. Segundo um vereador, a reprovação das contas deixa o ex-prefeito […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 11h32

None

Por maioria, os vereadores de Deodápolis reprovaram o parecer do TCE (Tribunal de Contas do Estado) e desaprovaram as contas do ex-prefeito Manoel Martins (PSDB) de 2009. Dos nove vereadores, seis votaram pela reprovação das contas.

Dois vereadores aprovaram o parecer e houve uma abstenção. Segundo um vereador, a reprovação das contas deixa o ex-prefeito automaticamente inelegível.

Os próprios vereadores afirmam não conhecer precedente da reprovação das contas de um prefeito após um parecer do Tribunal de Contas pela aprovação. As supostas irregularidades foram detectadas quando o parecer passou pela Comissão de Orçamento.

Segundo um vereador, que pediu para não ser identificado, foram constatadas diversos erros contábeis, entre eles gastos que excederam os limites disponíveis.

A prestação de contas de Manoel Martins havia sido aprovada no TCE pelo conselheiro Waldir Neves, que foi deputado pelo PSDB.

Foram favoráveis à reprovação das contas os vereadores José Manoel Rosa (PDT); Valmir de Lima Manoel (DEM); Karren Ramsdorf Leonardo da Silva (PMDB); Antonio Tertuliano Filho, o Casquinha (PMDB); Juninho Anselmo (PT) e Manoel da Paz Santos (PDT).

Jornal Midiamax