Política

Saída de Pedro Chaves poderá complicar ainda mais a situação de Bernal, diz Edil

A eventual saída do secretário Pedro Chaves da administração poderá complicar ainda mais a situação do prefeito Alcides Bernal, na avaliação do vereador Edil Albuquerque (PMDB). Chaves tem trabalhado para ampliar a base de apoio na Câmara e evitar a cassação de Bernal. “O único objetivo de ele estar lá é para proteger o prefeito. […]

Arquivo Publicado em 27/01/2014, às 15h18

None
1955595584.jpg

A eventual saída do secretário Pedro Chaves da administração poderá complicar ainda mais a situação do prefeito Alcides Bernal, na avaliação do vereador Edil Albuquerque (PMDB). Chaves tem trabalhado para ampliar a base de apoio na Câmara e evitar a cassação de Bernal.

“O único objetivo de ele estar lá é para proteger o prefeito. O Pedro Chaves foi chamado para fazer contato para fugir da provável cassação”, lembra o vereador, que é da oposição.

Edil levanta um questionamento sobre os compromissos feitos pelo secretário municipal de Governo aos vereadores. “Será que o prefeito vai cumprir os compromissos feitos pelo Pedro Chaves?”, pergunta. O vereador acha que não.

Para o parlamentar do PMDB, a saída de Pedro Chaves será de um grande impacto, já que o prefeito “não conversa com ninguém”, segundo ele.

Edil faz questão de ressaltar que não tem nenhum interesse de ter qualquer relacionamento político com o prefeito e que descarta qualquer possibilidade de integrar a base aliada.

“Eu tenho um relacionamento com Pedro, mas nenhum com o prefeito. O que vier de bom eu aprovo. O que não vier, estou fora”, disse.

Jornal Midiamax